Vale e Universidade Federal de Viçosa oferecem especialização em proteção de sítios arqueológicos

A Vale, em parceria com a Universidade Federal de Viçosa (MG), lançou este ano o Curso de Especialização em Preservação e Difusão de Estruturas e Sítios Arqueológicos a...

53

A Vale, em parceria com a Universidade Federal de Viçosa (MG), lançou este ano o Curso de Especialização em Preservação e Difusão de Estruturas e Sítios Arqueológicos a Céu Aberto, com o objetivo de capacitar profissionais especializados na proteção do patrimônio arqueológico.

São 50 vagas disponíveis e as inscrições podem ser feitas até 30 de junho pelo site http://www.posarqueologia.ufv.br . Estão aptos a participar do processo seletivo pessoas com graduação ou pós-graduação nas áreas relacionadas ao tema, como antropologia, ciências sociais, história, geografia, gestão ambiental e turismo, dentre outras.

A pós-graduação é gratuita, sem cobrança de taxa de inscrição, mensalidades ou taxas adicionais. O curso terá 18 meses de duração, com início em agosto e término em dezembro de 2023. As aulas teóricas serão ministradas no formato de ensino a distância (EAD) e haverá aulas práticas presenciais uma vez por mês, às sextas e sábados.

A Vale mantém e protege dez patrimônios culturais arqueológicos em Minas Gerais, na região do Quadrilátero Ferrífero, como Fábrica Patriótica (Ouro Preto), Forte de Brumadinho (Brumadinho), Cata Branca (Itabirito) e Casa de Pedra de Brucutu (São Gonçalo do Rio Abaixo). Essas áreas são de grande relevância para a Vale e para o Estado, porque abrigam resquícios dos primórdios da mineração em Minas Gerais.

“Cientes da relevância deste patrimônio cultural e na busca pela democratização e valorização da nossa história, firmamos esse convênio, de forma voluntária, com a Universidade Federal de Viçosa para o fomento de pesquisas dedicadas ao desenvolvimento de técnicas e protocolos para a manutenção, proteção e difusão dos sítios arqueológicos. Mesmo com todos os esforços da empresa para manutenção e preservação das áreas, precisamos ampliar a discussão do tema para a definição e aplicação de métodos específicos de conservação preventiva”, destaca Warley Delgado, arqueólogo da Vale.

Visitas virtuais

No site da Vale é possível conhecer alguns sítios arqueológicos pelo endereço www.vale.com/sitios-arqueologicos . Estão disponíveis visitas virtuais em 360º às ruínas de Fábrica Patriótica, Forte de Brumadinho e Casas Velhas, todas preservadas pela Vale. “Casas Velhas e Forte de Brumadinho representam o momento de opulência do Ciclo do Ouro e de todos os conflitos que existiam nessa época, seja nas relações sociais ou econômicas. Já Fábrica Patriótica marca um segundo momento, pós Ciclo do Ouro, de uma busca por um novo modelo de produção no Estado”, explica Delgado.

Serviço

Curso de Especialização em Preservação e Difusão de Estruturas e Sítios Arqueológicos a Céu Aberto

Investimento: curso gratuito

Inscrições: até o dia 30 de junho pelo site http://www.posarqueologia.ufv.br

Duração: 18 meses, com início em agosto de 2022 e término em dezembro de 2023

Formato: Híbrido, com aulas virtuais e presenciais