Teatro leva humor e irreverência a São Gonçalo

“Comi Uma Galinha e Tô Pagando o Pato” conta com bom público no Centro Cultural Na noite do último sábado (9), o Centro Cultural de São Gonçalo do...

85

“Comi Uma Galinha e Tô Pagando o Pato” conta com bom público no Centro Cultural

Na noite do último sábado (9), o Centro Cultural de São Gonçalo do Rio Abaixo foi palco de mais uma grande atração: a comédia “Comi Uma Galinha e Tô Pagando o Pato”, com o ator e humorista Carlos Nunes. Centenas de pessoas prestigiaram a peça, com menos restrições devido à queda de transmissão do Covid-19, mas com obrigatoriedade do uso de máscara.

A comédia é centrada em um homem que foi parar na cadeia por roubar a galinha de estimação da filha de um deputado. Sua situação piora quando um projeto de lei tenta transformar a ave em animal sagrado.

Enquanto vive o medo de ter o Projeto de Lei aprovado, ele discute, com seu advogado, sobre crimes tão mais sérios que ficam impunes e situações reais que mereciam mais atenção como a pobreza, as falhas na educação; o descaso com a saúde, o salário dos aposentados; a atuação da polícia; a impunidade e liberdade parlamentar; os direitos garantidos a todo cidadão pela Constituição Brasileira; e outros temas que, além de atuais, são citados com muita propriedade e irreverência.