Amepi participa do 14º Fórum Permanente dos Prefeitos da Bacia do Rio Doce

Encontro  debate impactos do rompimento da barragem da Vale  Em defesa dos interesses da região, o presidente da Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Piracicaba (Amepi),...

72
Encontro  debate impactos do rompimento da barragem da Vale 
Em defesa dos interesses da região, o presidente da Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Piracicaba (Amepi), o prefeito de São Domingos do Prata, Fernando Rolla, participou na sexta-feira (25), do 14º Encontro do Fórum Permanente dos Prefeitos da Bacia do Rio Doce.
 Realizado na cidade de Rio Casca, o encontro continua os debates acerca dos impactos do rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), que aconteceu em 2015.
O rompimento da barragem de rejeitos da mineradora Samarco devastou diversas cidades de Minas Gerais e também deixou impactos em municípios da região, como Sem Peixe, Dionísio, São Domingos da Prata e São José do Goiabal. Recentemente, Rio Piracicaba e Dom Silvério também foram incluídos no Fórum.
O encontro reuniu dezenas de prefeitos e autoridades diversas envolvidas no caso, tanto de Minas Gerais quanto do Espírito Santo, incluindo secretários de estado e representantes da Fundação Renova, responsável pela reparação dos impactos causados pela ruptura da barragem.
Além disso, a pauta debateu a inclusão de municípios; apresentação e votação do estatuto; escolha de membros para o conselho fiscal e apresentação do Programa “Desenvolve Rio Doce”.
O Fórum Permanente de Prefeitos foi criado para facilitar e melhorar o acesso às informações do Termo de Transação e Ajustamento de Conduta (TTAC) por parte das prefeituras atingidas. “Os encontros são importantes para discutirmos a melhor forma de utilizarmos os recursos para melhorar a vida das pessoas que residem nas cidades atingidas e as que sofreram os impactos desse desastre, como as cidades da nossa região. Assim como outros prefeitos, defendemos uma repactuação de forma mais rápida às famílias e aos municípios, além da recuperação das regiões atingidas”, pontuou Fernando Rolla.