Prefeitura concede gratificação a servidores da Ecorlim

Sempre buscando uma maneira de motivar o servidor municipal na execução de suas tarefas, a Prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo, através da lei nº 2182/2021 concedeu...

82

Sempre buscando uma maneira de motivar o servidor municipal na execução de suas tarefas, a Prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo, através da lei nº 2182/2021 concedeu uma gratificação no valor de R$3.500,00 à Equipe de Coleta e Reciclagem do Lixo Municipal-ECORLIM. Resultado do acumulado das vendas de produtos recicláveis que somaram cerca de R$82.181,80 mil no ano passado.

A lei prevê a concessão de gratificação para os servidores municipais que exercem suas atividades no Galpão de Reciclagem na área do Aterro Sanitário. O material reciclado recolhido por estes servidores, é vendido no mercado de recicláveis e tinha um destino incerto e considerado receita extraorçamentária. Com a lei, parte desses recursos será destinado a manutenção dos serviços ligados a reciclagem.

De acordo com o coordenador do Aterro Sanitário e Viveiro, Rodrigo Augusto de Souza, a Equipe da Ecorlim que foi beneficiada com a lei é composta pelos trabalhadores que recebem, separam e prensam o material; motoristas e ajudantes que recolhem o lixo nas ruas; encarregado do serviço e o auxiliar administrativo, podendo ainda absorver outros servidores, conforme necessidade operacional.

A Secretária de Meio Ambiente, Eunice Florência dos Santos afirmou que a gratificação só pôde ser concedida através do esforço de toda a equipe para elaboração e aprovação da lei que servirá de incentivo para que os trabalhos sejam realizados com ainda mais empenho dos trabalhadores.

A servidora Deuziléia Aparecida da Silva disse que ficou muito feliz com a gratificação e já investiu o dinheiro em um portão para sua casa e numa televisão para seu filho. “Gosto muito de trabalhar aqui e agora tenho ainda mais uma motivação para continuar”, explicou.

Equipe da Ecorlim estão satisfeitos com a renda extra, fruto da dedicação ao trabalho. Deuziléia Aparecida da Silva disse que ficou muito feliz com a gratificação. (Touca rosa) Maria Januária dos Santos, servidora há 15 anos, o dinheiro foi uma providência divina. (máscara preta)

Gilberto Eugênio Martins, servidor há 12 anos e há dois no Galpão de Reciclagem também demonstrou satisfação com a gratificação. “Como servidor público temos nosso salário mensal e esse dinheiro extra serve como incentivo que dá para colocar em dia alguma pendência ou fazer um programa a mais. Só tenho a agradecer a administração que pensou na gente que trabalha na área de recicláveis”, ressaltou.

Para Maria Januária dos Santos, servidora há 15 anos e há 10 anos no Meio Ambiente o dinheiro foi uma providência divina, já que o marido está em tratamento de um câncer e não tem renda. “Tenho muito a agradecer ao prefeito, a secretária e nosso coordenador que lutaram para regulamentar esse benefício pra gente”, disse.

Ronaldo André de Souza, servidor há 12 anos e há 10 anos no setor. “A gratificação foi um grande incentivo para todos nós e nos ajudou bastante, mesmo porque há mais de 10 anos trabalhando aqui, nunca soubemos que fim tomavam os materiais e hoje sabemos que as vendas são revertidas em uma renda extra para a equipe e melhoria em nossas condições de trabalho. Só posso agradecer a todos que buscaram a aprovação dessa gratificação”, finalizou.

Nívia Leles/Acom/PSGRA