Saúde abre ambulatório no HMCC para atendimento de sintomáticos gripais

O local funcionará como ponto de apoio para a rede municipal de Saúde, recebendo pacientes referenciado pelos PSFs A partir desta quarta-feira (12), a rede pública de Saúde...

62

O local funcionará como ponto de apoio para a rede municipal de Saúde, recebendo pacientes referenciado pelos PSFs

A partir desta quarta-feira (12), a rede pública de Saúde de Itabira passa a contar com um novo apoio para atendimento aos pacientes sintomáticos gripais. O ambulatório funcionará no Hospital Municipal Carlos Chagas (HMCC), de 7h às 19h, com acolhimento, consulta médica e testagem para a Covid-19.

O funcionamento do ambulatório será semelhante ao da Carreta da Saúde, que funcionou em Itabira no segundo semestre do ano passado. Os pacientes serão direcionados ao local a partir de um atendimento inicial nas Unidades Básicas de Saúde. A medida busca aliviar a sobrecarga ao Pronto-Socorro Municipal, que tem observado aumento de procura considerável desde o início de 2022.

“Estamos buscando um novo formato, reorganizado dentro da própria rede de saúde já existente. Foi preciso nos reinventar mediante o cenário que estamos trabalhando hoje”, explica a coordenadora do Sistema de Atenção às Urgências, Clíssia Peter Andrade Felisberto Carvalho.

O fluxo

O novo ambulatório conta com uma estrutura instalada para separar o fluxo de atendimento dos pacientes do HMCC das pessoas com sintomas respiratórios. Assim, o novo ponto de atendimento fica exclusivo para pessoas com algum tipo de sintoma gripal, que serão direcionados, incialmente, pelos PSFs.

A secretária municipal de Saúde, Luciana Sampaio, ressalta que o ambulatório é uma resposta rápida ao contexto epidemiológico atual do município, com aumento crescente nos casos de Covid-19 e Influenza. Desde os primeiros sinais de variação no cenário, a SMS tem adotado medidas para proteger a população. O novo ambiente, por exemplo, foi montado em uma semana e conta com todos os protocolos exigidos pelo Ministério da Saúde.

“Estamos com uma variante de alta virulência, mas com baixas taxas de internação e complicações. Por isso, precisamos reforçar que, como a nossa responsabilidade é com a população de Itabira, foi preciso criar essa dinâmica para atender a população e não sobrecarregar a porta de entrada da urgência e emergência”, destaca Luciana Sampaio.

PSFs e testagens

A princípio, pelo menos até o fim desta semana, as unidades de PSF serão mantidas com atendimento exclusivo a sintomáticos gripais. Isso para que a Secretaria Municipal de Saúde acompanhe e avalie os resultados do novo ambulatório nestes primeiros dias de atuação.

Paralelo a essa mudança no fluxo, a Secretaria Municipal de Saúde também encerra o mutirão de testagem para assintomáticos no Terminal Rodoviário Genaro Mafra. As equipes serão direcionadas para o ambulatório, onde serão testados apenas os sintomáticos referenciados pelos PSFs. “Tínhamos dois propósitos bem claros, que eram o fim de ano e a primeira semana de 2022. Foram milhares de testes em assintomáticos e agora temos uma base muito boa para traçar novos passos para o combate à pandemia. O novo fluxo é a prioridade que trabalharemos neste momento e nossas equipes estarão concentradas em proporcionar um atendimento ágil e resolutivo aos itabiranos”, finaliza Luciana Sampaio.