Prefeitura atua com medidas emergenciais em áreas afetadas e mantém alerta para chuvas excessivas

O prefeito Marco Antônio Lage e equipes visitaram locais atingidos pelas chuvas e orientaram a população sobre riscos iminentes Na manhã desta segunda-feira (10), o prefeito Marco Antônio...

44

O prefeito Marco Antônio Lage e equipes visitaram locais atingidos pelas chuvas e orientaram a população sobre riscos iminentes

Na manhã desta segunda-feira (10), o prefeito Marco Antônio Lage, acompanhado de secretários municipais e da Defesa Civil, visitou o bairro Gabiroba para ver de perto a situação de moradores que foram fortemente atingidas pelas chuvas no último fim de semana. Várias intercorrências foram registradas no bairro, como queda de barrancos, muros e deslizamentos de terra que acabam colocando em risco algumas moradias. Após a visita, o próximo passo foi reunir com a equipe de Governo para traçar planos emergenciais e atender a população mais atingida.

A estratégia da Prefeitura é garantir, neste primeiro momento, assistência às famílias mais necessitadas. O chefe do Executivo Municipal relatou que a situação encontrada no Gabiroba, infelizmente, é comum em Itabira, por ser uma cidade que tem uma topografia com muitas encostas, o que favorece a queda de barrancos deixando famílias em situação de vulnerabilidade. “Neste momento, o trabalho de curto prazo que é prevenir e salvar vidas, retirar as pessoas das áreas de maior risco e pedir que as pessoas confiem na Prefeitura e na Defesa Civil” enfatizou o prefeito.

Marco Antônio disse ainda que a cidade precisa de obras estruturantes e de planejamento com projetos maiores que atendam a população a médio e longo prazos. “Estamos realizando um mapeamento da cidade desde o ano passado com a equipe de Defesa Civil, trabalhando com a Secretaria de Obra, Saae, Itaurb, Ação Social, dentre outras secretarias, para termos o cenário com as áreas mais vulneráveis. Nessas áreas vamos fazer as intervenções necessárias e o isolamento definitivo, se for o caso, com direcionamento dessas famílias”, detalha o prefeito.

Durante as visitas nesta manhã, o prefeito esteve acompanhado pelo secretário Municipal de Obras, Transporte e Trânsito, Maciel Paiva; pelo chefe de Gabinete, Danilo Alvarenga; e representantes da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec). Eles conversaram com moradores, analisaram os danos e reafirmaram a necessidade de remoção daqueles que estão nas áreas de maior risco.

A Defesa Civil do Município já havia percorrido o bairro anteriormente e orientado a população para sair das casas, onde o risco de desabamento era maior. Porém, algumas pessoas insistem em ficar na moradia. A orientação é deixar as casas o mais rápido possível.

Segundo a coordenadora da Defesa Civil de Itabira, Nilma Castro, somente neste domingo (9) a cidade recebeu uma chuva de 157 milímetros, volume bem superior ao alerta emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), que previa uma quantidade entre 60 e 100 milímetros. “Foi algo muito acima do esperado. Estamos nos esforçando para atender os casos mais urgentes e levando o amparo necessário à população”, comenta a coordenadora.

O secretário Municipal de Obras, Maciel Paiva, fez um apanhado geral das ações da secretaria com os registros do último fim de semana. Foram solicitadas intervenções na zona rural e na área urbana. No momento, a secretaria está trabalhando para não deixar nenhuma comunidade rural isolada e atender os pontos mais críticos.

“Na zona rural temos várias estradas vicinais com interdições parciais e totais. Nós da secretaria de Obras estamos priorizando desinterditar as vias e, depois que passar as chuvas, a gente vai fazer uma limpeza maior e providenciar os reparos. Já na zona urbana o que agrava mais são as encostas, onde há riscos de desabamento de casas, como em pontos no Gabiroba, no Pedreira, Boa Esperança e no Eldorado. Esses pontos são os pontos críticos e temos que atuar junto à Defesa Civil, prevenindo com a retirada dos moradores, porque o risco é iminente e não há no momento como fazer qualquer tipo de intervenção”, relata o secretário Maciel Paiva.

No local visitado pelo prefeito e equipe, onde ocorreu o deslizamento de terra, pelo menos cinco moradias estão em risco. Todos os moradores foram orientados pela Defesa Civil para evitar ficar nas residências, principalmente em caso de chuvas fortes.

Acionamento

Itabira ainda continua em alerta vermelho, emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Em caso de riscos ou solicitação de apoio emergencial, a população deve entrar em contato com a Defesa Civil:

(31) 3839-2147, (31) 98294-6273 (Plantão/Whatsapp) ou 199 (plantão).