Nova fase do prontuário digital deve economizar 50 mil folhas por mês, somente no Pronto Socorro

O Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD) implantou uma nova fase no sistema de prontuário eletrônico sem papel do Pronto Socorro Municipal de Itabira (PSMI) que garantirá a...

71
O Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD) implantou uma nova fase no sistema de prontuário eletrônico sem papel do Pronto Socorro Municipal de Itabira (PSMI) que garantirá a economia de 50 mil folhas de papéis por mês. O sistema informatizado foi implantado em 2018, mas ainda era necessário a impressão para a aplicação do carimbo e a assinatura dos médicos. Agora, o sistema permite a assinatura e a certificação eletrônica, o que possibilitará a economia.
Além das folhas, o HNSD diminuirá o gasto com o tonner e manutenção das impressoras, o que trará uma economia mensal de aproximadamente R$ 5 mil, apenas no Pronto Socorro.  A nova fase começou no dia 19 deste mês e nesta quarta-feira (25) foi realizada uma reunião com a empresa SPData, desenvolvedora do software de gestão utilizado na instituição, para implantação de ajustes no sistema.
O gerente do setor de Tecnologia da Informação (TI) do HNSD, Welisson Geraldo dos Reis, destacou a importância da digitalização de todo o sistema, não só pela economia gerada, mas também para o meio ambiente e a segurança das informações dos pacientes atendidos.
“Nessa fase, foi implantado o certificado digital para cerca de 200 colaboradores e profissionais do corpo clínico, para possibilitar que todos os documentos fossem assinados digitalmente com certificado emitido pela Safeweb, a certificadora nacional. Com isso, ganhamos mais agilidade e segurança no atendimento ao paciente, além de gerarmos economia. Isso também mostra que o HNSD está inovando cada vez mais e seguindo as tendências digitais do mercado”, destacou.
Sabrina Figueiredo Barbosa, gerente administrativa do Pronto Socorro, também destacou os benefícios do sistema. Segundo ela, a ação é pioneira em Itabira e poucos hospitais, até mesmo de Belo Horizonte, utilizam o prontuário sem papel. “A implantação do sistema da SPData em parceria com a certificadora SafeWeb será um ponto forte para a melhoria do atendimento aos pacientes, pois, auxilia na segurança dos dados de atendimento, e a assinatura digital é uma aliada contra as possíveis fraudes de assinaturas dos profissionais, tendo em vista que o certificado digital traz essa segurança, entre outros benefícios que alcançam não somente os pacientes, mas também aos colaboradores do PSMI”.