Escola do Legislativo de Itabira recebe especialista em atendimento à população LGBTQIA+

A Escola do Legislativo Professor Paulo Neves, da Câmara Municipal de Itabira, recebeu esta semana a visita de Hanilton Medeiros, produtor cultural, militante LGBTQIA+, idealizador do coletivo Queers...

422

A Escola do Legislativo Professor Paulo Neves, da Câmara Municipal de Itabira, recebeu esta semana a visita de Hanilton Medeiros, produtor cultural, militante LGBTQIA+, idealizador do coletivo Queers & Queens e Assistente Social especializado no atendimento às demandas da população LGBTQIA +. A visita ocorreu logo após o Mês do Orgulho LGBTQIA+, celebrado em junho e que contou, pela primeira vez, com uma ação promovida pelo Legislativo itabirano.
Na ocasião, Hanilton compartilhou sua experiência na produção cultural voltada ao público LGBTQIA+ e sua vivência enquanto assistente social no Centro de Cidadania LGBTI Luana Barbosa dos Reis, equipamento público l

ocalizado na cidade de São Paulo, onde são desenvolvidas ações de promoção da cidadania LGBTQIA+ e de Direitos Humanos, com a r

ealização de seminários, palestras e cursos. Também são atendidas vítimas de violência, preconceito e discriminação, que recebem apoio jurídico, psicológico e de assistência social para acompanhamentos, encaminhamentos e registros de boletins de ocorrência.

Para a vice-presidente da Câmara e membro do Conselho Escolar da Escola do Legislativo, Rosilene Félix (MDB), a visita do Hanilton Medeiros proporciona uma reflexão sobre a importância de buscar uma sociedade mais justa e mais igualitária. “Deixamos as portas da Casa abertas para realizarmos parcerias que possam transformar a nossa realidade”, disse a vereadora.

Discutir a igualdade de gênero, o apoio à diversidade e estreitar laços com todos os integrantes da sociedade itabirana fazem parte do escopo da Escola do Legislativo, que busca promover a educação cidadã e a participação popular.

“Nosso objetivo é levar cidadania a todas as pessoas, buscando a inclusão e participação de toda a população itabirana. Receber a visita do Hanilton Medeiros e debater um pouco sobre cidadania e grupos vulneráveis foi bastante interessante, pois nos deu uma visão maior sobre inclusão e a necessidade de acolher a todos sem discriminação”, colocou a diretora da Escola do Legislativo, Laura Souza.

“É importante que uma cidade como Itabira seja inclusiva e inclua em sua programação ações voltadas às questões de diversidade sexual e de gênero, caminhando em direção à uma sociedade igualitária, tendo como exemplo o que já ocorre em demais cidades, principalmente capitais”, pontuou Hanilton.

(Fotos: Acom CMI)