“Lucro da Vale em três meses é o que Itabira arrecada em 50 anos”, diz Mucida

O deputado estadual Bernardo Mucida usou a tribuna da Assembleia Legislativa na tarde desta quarta-feira (28) e defendeu a utilização de parte do lucro da Vale em investimentos...

58

O deputado estadual Bernardo Mucida usou a tribuna da Assembleia Legislativa na tarde desta quarta-feira (28) e defendeu a utilização de parte do lucro da Vale em investimentos nas cidades da região em que ela explora minério.

A mineradora apresentou um lucro líquido de US$ 5,5 bilhões (mais de R$30 bilhões) somente no primeiro trimestre de 2021. Este lucro, segundo apresentou o deputado, é o equivalente a 50 anos de arrecadação em Itabira.

Outra comparação feita por Bernardo Mucida também assusta. De acordo com o parlamentar, os cerca de R$ 30 bilhões de lucro registrados em apenas três meses pela Vale pagaria quase toda a indenização provocada pelo rompimento da barragem em Brumadinho.

“É bom para o Brasil ter uma empresa do porte da Vale, mas seria melhor ainda se os municípios mineradores tivessem um retorno maior sobre as riquezas que são arrancadas de suas terras. Minha luta não é contra a Vale. Ao contrário, minha luta é para que a empresa deixe um retorno maior na cidade. Que ajude não apenas circunstancialmente, mas invista em projetos estruturantes. Defendo investimentos em infraestrutura, educação, ciência e tecnologia, para promover a diversificação econômica da região e deixar um verdadeiro legado para as próximas gerações.”

O deputado disse ainda que o faturamento com a mineração no Brasil somente neste primeiro trimestre foi de R$ 70 bilhões, o que representa um aumento de 95% se comparado com o mesmo período do ano passado, que fechou com R$36 bilhões. Por isso, acrescentou Mucida, é necessário que Minas Gerais reivindique este retorno financeiro.

“Nosso estado não pode ter a sua riqueza sendo levada embora e ficar com o território destruído, com suas montanhas cariadas e deformadas pela atividade minerária. Eu sou sim a favor da mineração, mas ela precisa gerar desenvolvimento e diversificação econômica. Por isso eu faço este apelo no plenário da Assembleia para que este drama seja ouvido no estado de Minas Gerais”, discursou.