Parceria com a UFMG garante ampliação de atendimento médico nos PSFs de Carmo e Ipoema

Um convênio entre a Prefeitura de Itabira e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) propiciou a chegada à cidade, nesta segunda-feira (29), de quatro estagiários, alunos do...

45

Um convênio entre a Prefeitura de Itabira e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) propiciou a chegada à cidade, nesta segunda-feira (29), de quatro estagiários, alunos do último período de medicina da instituição de ensino. Eles irão atuar nos PSFs dos distritos de Ipoema e Senhora do Carmo. Nas unidades, os futuros profissionais terão uma experiência com atendimento direto às famílias da área rural. Dois estudantes ficarão em atendimento no PSF de Ipoema e outros dois irão para Senhora do Carmo.

Os estudantes trazem boas expectativas para o trabalho em Itabira. O estágio é uma oportunidade de realizar um atendimento diferente, que promete uma troca de experiência valiosa para os futuros médicos. “Estamos muito empolgados em vir para Itabira, desde fevereiro aguardávamos essa oportunidade. A expectativa é de troca, aprender bastante e ajudar a comunidade da melhor forma possível”, contou Lucas da Mata.

O Internato de Saúde Coletiva, conhecido como Internato Rural, é uma prática comum entre as universidades de Medicina para proporcionar aos alunos uma rica experiência e traz uma assistência importante para o município que recebe esses estudantes. “O aluno acaba contribuindo muito, pois pode executar visita domiciliar para fazer atividade de educação e fazer visitas nas áreas mais distantes, nas quais a população tem mais dificuldade de chegar ao posto de saúde. O trabalho deles é executado com a interlocução de um médico da unidade e com a supervisão de um professor da universidade. Com a chegada dos estagiários será possível expandir a assistência, desafogando o atendimento no posto de saúde”, relatou Álvaro Luiz Alves Lage, médico ginecologista, que atende no PSF de Ipoema.

Neste primeiro momento será necessário fazer uma avaliação com as equipes dos PSF’s para ver como será a atuação dos estagiários, já que com a pandemia da Covid19, vários serviços tiveram que ser suspensos, como as visitas em domicílio. “Temos que ter muita cautela neste momento. Vamos fazer uma reunião para ver como será este atendimento, pois não podemos invadir a casa das pessoas, que precisam estar isoladas. Vamos definir como eles vão atuar, ajudando no combate à pandemia, precisamos muito da parceria deles. A princípio, eles podem contribuir com o trabalho administrativo, realizando um levantamento de toda a população, dos grupos prioritários fazendo um levantamento para termos tudo mapeado para os próximos estagiários”, disse Evando Pereira Guerra Júnior, gerente da unidade de saúde de Ipoema.

Para a secretária municipal de Saúde, Eliana Horta, o reforço dos futuros médicos ajuda a minimizar um problema histórico de oferta de serviços de saúde nas áreas rurais de Itabira. “Teremos condições muito melhores de prestar o atendimento às famílias dos distritos. Isso é um grande ganho e representa mais dignidade para essas comunidades”, finaliza.