6 motivos pelos quais ser filho do meio pode ser ótimo e péssimo ao mesmo tempo

A crença popular sempre aponta que o filho do meio é o “mais problemático da família”, mas será que o rótulo é verdadeiro e tem base científica? Claro...

2234

irmaos criancas familia 0518 400x800

A crença popular sempre aponta que o filho do meio é o “mais problemático da família”, mas será que o rótulo é verdadeiro e tem base científica? Claro que tudo depende de como os pequenos são criados, mas estudos apontam que, como tudo na vida, existem motivos bons e ruins em estar no centro na ordem de nascimento.

Filho do meio: vantagens e desvantagens

1. Por normalmente (e supostamente, claro) receberem menos atenção dos pais, dependendo do tempo do nascimento entre as crianças, os filhos do meio tendem a ser mais independentes e desenhar seu futuro sem grande influência familiar.

2. Filhos do meio, segundo estudos, também costumam ter maior facilidade em socializar fora de casa. Os amigos, inclusive, podem ser considerados mais importantes e significativos no desenvolvimento do que os próprios pais e irmãos.

 

tres irmaos bebe bagunca 0916 400x927

3. Uma pesquisa apontou um dado negativo que possivelmente estaria relacionado ao fato de ser a criança do meio de uma família: uma maior probabilidade em se envolver em problemas na escola e até mesmo com a lei, se comparada ao filho mais velho.

4. É possível ainda que o filho do meio apresente mais problemas de autoestima ou ser introvertido, justamente pela chance de ter recebido menos atenção dos pais.

tres irmaos praia 0916 400x933

5. Por outro lado, filhos do meio são considerados mais flexíveis socialmente e também mais observadores e justos em seus julgamentos.

6. Outra característica positiva atribuída aos filhos do meio é a excelente capacidade de negociar, algo que pode ser bastante útil na vida adulta, tanto em aspectos pessoais, quando nos profissionais.