Após 30 anos, aposentados e familiares começam a receber indenizações em ação contra a Valia

O escritório de Advocacia Maomedes, em acordo com o Metabase Itabira, moveu ação contra a Valia com a finalidade de revisão da defasagem de salários. Movida em 1991,...

57

O escritório de Advocacia Maomedes, em acordo com o Metabase Itabira, moveu ação contra a Valia com a finalidade de revisão da defasagem de salários. Movida em 1991, a ação se arrastou por praticamente 30 anos e em fevereiro teve a sentença transitada em julgado contra a União. O Metabase providenciou nesta manhã (27) um encontro entre o advogado Leandro Maomedes, responsável pelo escritório e os diversos autores da ação.

Eles receberam orientação do advogado acerca das providências para receberem os valores devidos. “Infelizmente demoraram 30 anos para que a injusta defasagem fosse indenizada. Muitos autores já faleceram, inclusive filhos e netos e hoje, temos bisnetos recebendo em lugar do bisavô, disse André Viana, presidente do Metabase. “Tão logo assumi a gestão do sindicato, procurei informações sobre a ação e desde então, junto à diretoria, acompanhei de perto. A reunião realizada hoje com os aposentados foi de grande proveito, já que puderam, por meio da palestra do Dr. Leandro e também em conversas reservadas, sanaram todas as dúvidas.

Continuaremos auxiliando os cerca de 200 guerreiros e seus familiares. Eles fizeram a história da Vale no passado e hoje, no presente, devemos muito a eles. Já solicitei à Comissão de Aposentados e Pensionistas e ao nosso departamento jurídico para acompanharem de perto o desenrolar de todo este processo. Vamos ajudar naquilo que for necessário”.