Arte urbana e mostra inédita de Hitchcock agitam a agenda cultural da Cemig

Festa da Luz reúne 20 obras de artista de todas as regiões do país A Agenda Cultural desta semana vem carregada de Arte Urbana. A Festa da Luz...

68

Festa da Luz reúne 20 obras de artista de todas as regiões do país

A Agenda Cultural desta semana vem carregada de Arte Urbana. A Festa da Luz de Belo Horizonte mistura arte urbana e tecnologia no baixo centro da cidade, com 20 obras de artistas de todas as regiões do país reunidas em um circuito de arte. O CURA 2021 transforma a Praça Raul Soares em uma Zona Autônoma Temporária, dando novos nomes às ruas que formam aquela encruzilhada. O Coral Lírico e Orquestra Sinfônica de Minas Gerais homenageiam a arte circense em vídeo inédito com canções do Grande Circo Místico. E para arrematar, no mês das bruxas, o Cine Humberto Mauro exibe clássicos do suspense de Hitchcock, considerados os mais assustadores de sua carreira.

Confira as atrações no link: https://pt-br.facebook.com/events/277293317629242/

Festa da Luz de Belo Horizonte

Entre os dias 28 e 31 de outubro, o baixo centro de BH será tomado por ondas eletromagnéticas coloridas. Entrelaçando arte urbana, tecnologia e arquitetura, a primeira edição da Festa da Luz de Belo Horizonte vai transformar espaços da cidade carregados de memória e de afeto em um circuito iluminado de arte pública. De quinta a domingo, instalações e projetos de iluminação cênica trazem cor e poesia para locais como o Viaduto Santa Tereza e a escadaria da Estação Central do Metrô.

CURA – Circuito Urbano de Arte, 6ª edição 

Este ano o CURA se expande e acontece em um período maior,  na Praça Raul Soares. A sexta edição do festival conta ainda com uma terceira empena que será pintada pelo vencedor da convocatória pública. O Grupo Giramundo está confirmado com uma inédita instalação na praça. Pela primeira vez o CURA conta com uma vivência, guiada por Tainá Marajoara, que trabalha com comida, cura e arte. E acontece ainda o lançamento do catálogo oficial do festival. As novas empenas serão entidades. É a arte coletiva misturada com a vida e assim, mais uma vez, o CURA convida a outras formas de pensar a arte.

ED-MUN:

Um dos maiores grafiteiros de BH, famoso pela maestria na técnica para criar grafittis realistas, Ed-Mun é o artista anfitrião e vem coroar essa edição trazendo a cultura da rua. Conhecido internacionalmente dentro da cena de grafitti caligrafia 3D, vai realizar um sonho ao fazer sua primeira empena. Sobre o que vai fazer, Ed-Mun adianta: “é uma arte em homenagem a escrita, a comunicação por símbolos e grafismos, inspirado na arte marajoara, na pintura rupestre, mas com um estilo urbano contemporâneo que é o grafitti 3D e com um pouco de anamórfico, que dará uma ilusão de ótica para quem for ver a pintura, ter uma impressão que ela vem de dentro do prédio”.

FCS – Cine Humberto Mauro: mostra inédita O Assustador Hitchcock

Nada mais propício e coerente do que celebrar o mês do Dia das Bruxas com obras do “Mestre do Suspense’’. A Fundação Clóvis Salgado, por meio do Cine Humberto Mauro, realiza a mostra O Assustador Hitchcock, que exibe 5 filmes de suspense marcantes da carreira de um dos realizadores mais célebres do cinema. Original e revolucionário, o diretor rodou cerca de 53 filmes. Todavia, foram as décadas de 1950 e 1960 que consagraram Hitchcock a maior referência do cinema de terror e suspense. Suas técnicas inovadoras que prendem o espectador, perpetuaram memórias, arrepiando e emocionando os amantes da sétima arte. A programação é presencial, em sessões gratuitas, e conta com Festim Diabólico (1948), Disque M Para Matar (1954), Psicose (1960), Os Pássaros (1963) e Frenesi (1972).

FCS – Cine Humberto Mauro: Coral Lírico e da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais interpretando canções do espetáculo O Grande Circo Místico

A Fundação Clóvis Salgado lança gravação inédita do Coral Lírico e da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais interpretando canções do espetáculo O Grande Circo Místico (1983), compostas por Chico Buarque e Edu Lobo. A produção possui a participação especial de Adriana Morales (Palhaça Benedita Jacarandá) e Tiago Mafra (Palhaço Sabonete), atores e diretores do Grupo Trampulim. O lançamento acontece pelas páginas da Fundação Clóvis Salgado no Instagram e no Facebook.