Cemig comemora Dia Nacional do Idoso com atrações gratuitas para a terceira idade

O Energia da Cultura abre o mês de outubro com eventos especialmente voltados para o Dia Nacional do Idoso, com muita música e atrações circenses que instigam a...

88

O Energia da Cultura abre o mês de outubro com eventos especialmente voltados para o Dia Nacional do Idoso, com muita música e atrações circenses que instigam a diversão. A programação gratuita, selecionada pela Cemig entre os projetos culturais patrocinados pela empresa, também é uma oportunidade de apreciar grandes orquestras clássicas, debates importantes e um bate-papo superinteressante com a historiadora Heloisa Starling. 

 Confira as atrações no link: https://pt-br.facebook.com/events/1003142436919623/

 Dia Nacional do Idoso | Evento  

Celebrando o Dia Nacional do Idoso, a Cemig incentiva uma série de atrações especialmente dedicadas ao público da terceira idade. Será um fim de semana inteiro com música e circo para divertir as pessoas que se encontram em instituições de apoio e amparo aos mais velhos. No contexto de um mundo que atravessou períodos difíceis de isolamento, a diversão, a interação e a fruição artística representam um momento de redescobrir o que de melhor existe em nós. 

Os eventos vão acontecer nos dias 01, 02 e 03 de outubro, na sede do Grupo Cultural Meninas de Sinhá, Hospital Paulo de Tarso, Rede Sênior e Lar do Idoso São José, em Belo Horizonte 

 

Fundação Clóvis Salgado | Lives gratuitas com o tema “Escrever o nosso tempo: relatos e pensamentos sobre a criação de Libretos”  

Com o tema “Escrever o nosso tempo: relatos e pensamentos sobre a criação de Libretos”, a Fundação Clóvis Salgado apresenta uma série de lives gratuitas com mesas-redondas, conversas e entrevistas acerca do campo da dramaturgia e suas intersecções com outras áreas, como composição, encenação, programação artística e crítica musical. Os debates buscam promover um aprofundamento de reflexões sobre o fazer artístico no campo da ópera e áreas afins, em Minas Gerais e no Brasil, e sobre os processos criativos dentro do universo operístico. 

Orquestra Filarmônica de Minas Gerais   

A orquestra executa, dessa vez, o programa “A Serenata e a Sinfonia – Filho”. Consta na programação a Serenata nº 9 em Ré maior, “Posthorn”, de Mozart. Nela, o artista cria instrumentação, que valoriza particularmente os instrumentos de sopro, elaborando trechos relevantes para a flauta e o oboé. Na segunda parte do programa, a Sinfonia nº 1 em Sol menor do compositor Kalinnikov é interpretada. Injustamente negligenciada no ocidente, a obra do criador russo guarda ainda um intocado frescor da vida musical russa do final do século XIX. 

 Academia Mineira de Letras | Entrevista com Heloisa Starling 

Quais eram as ideias políticas em debate quando o Brasil preparava a sua independência? Esse é o assunto da próxima edição do projeto especial “22 entrevistas no Bicentenário da Independência”, realizado pela Academia Mineira de Letras. O presidente da AML, Rogério Faria Tavares, entrevista a historiadora Heloisa Starling sobre o tema “As ideias políticas no tempo da Independência”. A professora da UFMG também fala sobre o pensamento de intelectuais como Evaldo Cabral de Melo e de José Murilo de Carvalho, que realizaram importantes obras sobre o período da Independência.