Onda vermelha: Câmara de Itabira restringe participação do público em reuniões

Em virtude da regressão de Itabira para a Onda Vermelha do programa Minas Consciente, a Câmara Municipal de Itabira precisará limitar a participação do público nas reuniões ordinárias...

96

Em virtude da regressão de Itabira para a Onda Vermelha do programa Minas Consciente, a Câmara Municipal de Itabira precisará limitar a participação do público nas reuniões ordinárias e de comissões. Em respeito às normas sanitárias adotadas pelo município, restringe-se a 20 pessoas a capacidade de ocupação do plenário. A medida passa a valer a partir desta terça-feira (31).

O controle será feito na recepção do Legislativo. Terão prioridade de participação os representantes de veículos de imprensa. As normas foram estabelecidas na portaria nº 4.275, assinada pelo presidente da Casa, Weverton Leandro Andrade dos Santos “Vetão” (PSB), nesta segunda-feira (30).

A medida visa a segurança dos servidores, vereadores e também da população que frequenta o Legislativo. Vale ressaltar que o mutirão para emissão de carteiras de identidade permanece inalterado, uma vez que o serviço é realizado por agendamento.