Escola da rede municipal recebe cinemateca para incentivo à leitura

Alunos da Educação Infantil da Escola Municipal Nico Andrade, em Itabira, foram contemplados com o projeto “Cinemateca Escola & Vida”. Os materiais foram patrocinados por uma empresa particular...

109

Alunos da Educação Infantil da Escola Municipal Nico Andrade, em Itabira, foram contemplados com o projeto “Cinemateca Escola & Vida”. Os materiais foram patrocinados por uma empresa particular que fornece serviços para indústrias e possui escritório na cidade. A entrega foi feita na quinta-feira (17) por um grupo que realiza projetos culturais e fez a intermediação entre a empresa e a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME).

A escola possui 230 alunos no segmento da Educação Infantil e foi selecionada por sua localização, pois poderá abranger unidades de ensino e creches da região. A unidade de ensino recebeu aparelho projetor, home theater com controle remoto, tela de projeção, 150 livros (inclusive em Braille) e 40 DVDs. Também foi entregue uma estrutura para exposição dos exemplares e projeção dos vídeos, cujo telhado foi construído com papel reciclado.

Devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o evento teve a presença de representantes da SME, integrantes da unidade de ensino e de três alunas acompanhadas pelos pais, representando as demais crianças e as famílias.

A diretora da escola, Rosana Almeida Pereira Oliveira, ressaltou a importância do incentivo à leitura. “Os benefícios para a Educação Infantil são infinitos, porque o mundo da leitura desperta a imaginação e o cognitivo. Quando a criança descobre este mundo de encantamento, agrega uma infinidade de conhecimentos. Quando ela associa prazer à aprendizagem, o estudo é muito melhor”.

Quando as aulas presenciais retornarem, a cinemateca poderá ser utilizada por todas as creches e escolas da rede municipal que oferecem a Educação Infantil, mediante agendamento. “As crianças terão o prazer de degustar um mundo de magia e encantamento, com vários livros e cinema. É essencial incentivá-las a adquirirem o hábito da leitura desde cedo, mostrando que ler pode ser um grande prazer. Com certeza, essa cinemateca fará a diferença na vida de nossos alunos”, destacou a secretária municipal de Educação, Luziene Aparecida Lage.

Ela também comentou sobre a vontade dos alunos de iniciarem as atividades na escola de modo presencial. “Hoje me emocionei quando uma criança perguntou: será que minha professora existe? Ela existe, mas, para a gente se cuidar e se proteger do coronavírus, tivemos que ficar em casa. Os professores já estão sendo vacinados e, com muita alegria, estamos aqui hoje com uma expectativa enorme de iniciar nossas aulas em agosto para a Educação Infantil, para aqueles que os pais/responsáveis acharem que devem voltar para as escolas”, explicou a secretária.

A representante do grupo de projetos culturais, Angélica Nascimento, explicou que as ações são desenvolvidas por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Ministério do Turismo/ Secretaria Especial de Cultura, em parceria com empresas privadas. “Todos os nossos projetos são voltados para a educação e para a cultura, justamente para disseminá-las a quem não tem acesso fácil. Sabemos quantas realidades diferentes temos no Brasil. É muito importante saber que a escola estará aberta para acolher outras escolas e creches, atingindo mais crianças do que a expectativa que tínhamos”, concluiu.