Prefeitura participa de reunião da Interassociação de Bairros de Itabira

Na oportunidade, o assessor de Gestão, Programas e Metas, Gabriel Quintão, levou aos líderes comunitários dados referentes ao projeto para o financiamento junto à Caixa Econômica Federal A...

136

Na oportunidade, o assessor de Gestão, Programas e Metas, Gabriel Quintão, levou aos líderes comunitários dados referentes ao projeto para o financiamento junto à Caixa Econômica Federal

A Interassociação dos Amigos de Bairros de Itabira retomou as reuniões presenciais neste domingo (13), na sede da entidade. O encontrou contou com a participação dos líderes comunitários e do assessor de Gestão, Programas e Metas da Prefeitura, Gabriel Quintão.

Na oportunidade, o assessor conversou com os moradores a respeito do compromisso do Executivo Municipal com as associações comunitárias, além de representar mais uma atividade da proposta “Governo nos bairros”, que busca aproximar a gestão pública dos moradores de cada localidade.

Durante a reunião, o assessor também apresentou o projeto de lei que pede autorização para que o município participe do programa Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), da Caixa Econômica Federal. Segundo Gabriel Quintão, ao ter o projeto aprovado, a Prefeitura de Itabira teria acesso a R$ 70,15 milhões para executar a primeira etapa de um pacote de grandes obras e investimentos no município.

De acordo com o assessor, a presença do governo na reunião demonstra o respeito que a atual gestão tem pelas entidades e causa comunitária. “Estar aqui é uma mensagem clara à sociedade e líderes de que este governo está disposto a ouvir. Nós queremos construir políticas públicas e queremos buscar soluções para os problemas de Itabira, debatendo e conversando com a comunidade. Estamos aqui para discutir com aqueles que são afetados e impactados diretamente”, afirmou o assessor. Ao final da reunião, Gabriel Quintão ainda afirmou que as portas da Prefeitura e do gabinete do prefeito Marco Antônio Lage estão abertas para receber as lideranças comunitárias.

Para a presidente da Interassociação, Maria das Graças Felipe, a Dona Dada, a participação do poder público é muito importante para legitimar a entidade. “É isso que a liderança comunitária cobra, a presença do governo. Nós buscamos sempre a explicação e queremos ser ouvidos. A reunião da Interassociação é aberta a todos e enquanto trabalhamos em conjunto a política comunitária acontece. Nós líderes comunitários gostamos de participar”, destacou a presidente.