Alunos da rede municipal de ensino recebem em abril e maio o benefício Merenda em Casa

A Prefeitura de Itabira, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), retorna no mês de abril com o programa “Merenda em Casa”. As famílias de alunos matriculados...

101

A Prefeitura de Itabira, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), retorna no mês de abril com o programa “Merenda em Casa”. As famílias de alunos matriculados na rede municipal de ensino receberão este mês e no mês de maio um voucher para retirada de kit alimentação no valor de R$ 60,98. O investimento total é de R$ 1.219.600,00.

A distribuição do cartão, que dará acesso ao Kit “Merenda em Casa”, começa nesta semana e continua ao longo do mês. As unidades escolares foram divididas em lotes, por datas semanais, para melhor organizar a distribuição dos vouchers às famílias. A entrega será feita por etapa, respeitando todos os protocolos de segurança estabelecidos durante a pandemia.

De acordo com o cadastro escolar as famílias receberão um comunicado, no grupo do WhatsApp da escola, informando a data de entrega do cartão, de acordo com o ano escolar em que o(a) aluno(a) está matriculado(a). A entrega vai acontecer na instituição de ensino de origem do aluno.

“O cartão voucher contempla 11 itens de alimentos importantes para a saúde nutricional das crianças e dos adolescentes. O kit alimentação é um direito de todo aluno matriculado em alguma rede pública municipal de ensino. Diante da pandemia que se instalou no mundo e, considerando a dificuldade das famílias manterem emprego e renda no cenário atual, é necessário urgência na distribuição de alimentos para todos os alunos matriculados em nossa rede”, destaca a secretária municipal de Educação, Luziene Aparecida Lage.

Com o cartão em mãos, o beneficiário deve procurar o supermercado credenciado para liberação dos alimentos. A retirada deve ser feita no Supermercado Bela Vista: rua Raimundo de Souza, nº 2 – bairro Bela Vista.

Cuidado com divulgações falsas

A SME faz um alerta sobre algumas fake news que estão circulando em grupos de WhatsApp sobre o cadastramento por meio de um link, por meio do qual o beneficiário, após fazer o cadastro, receberia um auxílio de até R$ 120,00. A informação não procede. Os benefícios liberados pelos governos do Estado ou do Munícipio são realizados de acordo com os cadastros de alunos na escola.  Em caso de dúvidas, os pais devem entrar em contato com a direção da escola onde o filho está matriculado.