Não vá ao motel sem antes conferir estas dicas de higiene do Dr. Bactéria

Existe, sim, uma chance de contrair doenças no motel, se ele não for bem higienizado. Saiba como se prevenir.   Ir ao motel é uma delícia, mas sejamos sinceras: dá...

117

Existe, sim, uma chance de contrair doenças no motel, se ele não for bem higienizado. Saiba como se prevenir.

 

taças cama motel

Ir ao motel é uma delícia, mas sejamos sinceras: dá um medinho de pensar nos perigos que podem estar escondidos por ali, não é? Por isso, conversamos com o biomédico Roberto Martins Figueiredo, o dr. Bactéria, que dá várias dicas importantes. É claro que você não deve atacar como a louca do álcool gel, nem ficar na paranoia, já que o intuito é se divertir. Mas algumas medidas simples podem tornar tudo mais saudável.

“Os lugares mais perigosos do motel são a banheira, que pode ter alguma doença em seus encanamentos; as cadeiras e bancos, que podem conter vírus, como o do HPV, assim como toalhas e lençóis”, alerta o dr. Bactéria.

Como higienizar a banheira do motel

Nada de passar álcool na superfície, pois os vilões podem estar mesmo é nos encanamentos da banheira. Então, siga as recomendações do biomédico: “Amarre um barbante ou cadarço no ralo, deixando a outra ponta para fora. Encha a banheira com água bem quente, até o nível de sucção da hidromassagem e deixe funcionar por 5 minutos. Puxe o barbante e deixe escoar”. A água corrente levará os resíduos para longe e vocês poderão encher novamente e usar a hidro com mais segurança.

Cuidados na sauna 

“Nunca se sente pelada diretamente nos bancos das saunas ou assentos de cadeiras. Utilize uma toalha sobre as superfícies”, aconselha o dr. Bactéria. Isso porque, muitos vírus e bactérias causadores de doenças são bem resistentes e podem sobreviver por dias fora do corpo em condições adequadas.

Fique de olho nos tecidos

Toalhas e lençóis podem conter vírus e outros microorganismos perigosos se não forem higienizados. O ideal é que as toalhas estejam lavadas e bem secas, guardadas em sacos lacrados. Observe bem o colchão, os lençóis e cobertores: eles não podem ter manchas! “E o melhor é que os travesseiros tenham protetores impermeáveis sob as fronhas”, diz o dr. Bactéria.

Vaso sanitário limpinho

Alguns motéis colocam um lacre de segurança que indica a higienização. Mas não tem problema se não houver um desses. Observe a limpeza e troque de estabelecimento se desconfiar.

Chinelos também pedem cuidado

Só coloque nos pés se eles forem descartáveis, caso contrário há risco de pegar alguma micose ou doença de pele de outros usuários.