É científico: bebê que convive com bichinho tem menos dor de ouvido, tosse e coriza

Além de ser garantia de cenas fofas e engraçadas, a união entre animais de estimação e bebês pode trazer benefícios para a saúde dos pequenos. De acordo com um estudo conduzido...

38

cachorro bebe crianca 0419 1400x800

Além de ser garantia de cenas fofas e engraçadas, a união entre animais de estimação e bebês pode trazer benefícios para a saúde dos pequenos.

De acordo com um estudo conduzido pelo Hospital Universitário Kuopio, na Finlândia, crianças que convivem com cães e gatos têm menos chances de desenvolver quadros de tosse, resfriado, coriza e dores de ouvido.

Convivência com pets pode fortalecer a saúde do bebê

bebe crianca cachorro 0916 1400x800

Os pesquisadores afirmam que bebês que vivem em lares com um animal de estimação no primeiro ano de vida têm menos probabilidade de adoecer.

Os resultados reforçam a ideia de que manter os pequenos em ambientes excessivamente higienizados não é bom para a saúde deles.

Para chegar à conclusão, os pesquisadores acompanharam 397 crianças nascidas na Finlândia entre 2002 e 2005. No primeiro ano de vida, os pais mantiveram registros semanais da saúde de seus filhos, anotando sintomas como tosse, nariz escorrendo e infecções no ouvido

crianca gato pet 1218 1400x800

Os estudiosos descobriram que os bebês que cresceram em lares com animais de estimação tinham 44% menos probabilidade de desenvolver uma infecção no ouvido e 29% menos necessidade de receber tratamentos com antibióticos, em comparação com bebês sem pets.

Os cães, aliás, se saíram ainda melhor na “disputa” do que os gatos: os bebês que viviam com um cachorro tinham 31% mais chances de serem saudáveis​, enquanto o número ficava em apenas 6% no caso de crianças em casas com os felinos.

crianca gato pet 1218 1400x800 2

As razões pelas quais os animais de estimação seriam capazes de proteger crianças de doenças não são totalmente claras, mas os pesquisadores acham que a exposição a pelos dos pets, assim como os micróbios que eles levam para casa, pode estimular o sistema imunológico de bebês, ainda em processo de desenvolvimento.