“No Brasil, é coisa rara o racismo”, diz Jair Bolsonaro

A declaração foi dada durante uma entrevista concedida a Luciana Gimenez. Jair Bolsonaro concedeu uma entrevista a Luciana Gimenez, para o programa “Luciana By Night”, e o trecho em que o...

53

A declaração foi dada durante uma entrevista concedida a Luciana Gimenez.

Jair Bolsonaro

Jair Bolsonaro concedeu uma entrevista a Luciana Gimenez, para o programa “Luciana By Night”, e o trecho em que o presidente fala sobre racismo é o que mais chama a atenção.

“No Brasil, é coisa rara o racismo”, declarou Bolsonaro, depois de relatar um acontecimento de sua juventude. Na tentativa de provar que não é racista, ele contou que salvou a vida de um colega negro no exército. Segundo Bolsonaro, o soldado estava se afogando na ocasião.

“Quando ele caiu [na água] eu fui atrás e na segunda mergulhada eu consegui tirar o Celso Negão de dentro da água”. Logo depois, emendou: “No Brasil, é coisa rara o racismo. O tempo todo tentam jogar o negro contra o branco, homo contra hétero ou pai contra filho. Desculpe o linguajar, mas isso já encheu o saco”.

Ainda em relação ao salvamento do colega, o Bolsonaro proferiu: “Se eu fosse racista: o negão caiu dentro da água e eu ia fazer o quê? Eu ia cruzar os braços”.