Alerta tendência: cortes e cabelos para o outono

A estação promete muito cabelo curtinho, tendências para loiras e também morenas A chegada de uma nova estação anuncia que é tempo de testar coisas novas e aderir...

16

A estação promete muito cabelo curtinho, tendências para loiras e também morenas

A chegada de uma nova estação anuncia que é tempo de testar coisas novas e aderir a novos estilos. Por isso, como o outono está apenas começando, é o momento de mudar o visual e investir em um estilo diferente. Que tal ficar de olho nas tendências de corte e cabelo para os dias mais frios?

Cortes

Para Peter Menezes, hairstylist no Creative Salon, chegou a vez dos comprimentos mais curtos, na altura do queixo e com pontas levemente repicadas. “Depois de uma longa temporada enaltecendo o long bob (com base reta e na altura dos ombros), chegou a vez do short bob“, afirma Peter.

Juliana Navero, hairstylist do Lefil Beauty, também contou qual a sua aposta para o outono. “É o momento dos cortes pixie, curtinhos, versáteis e modernos, que combinam com todo tipo de rosto e textura, além dos médios desconectados. Cacheadas ganham força”, conta Juliana.

Coloração

Para os fãs das cores cobres, chegou o momento dela. A tonalidade que promete vir com tudo durante o outono, segundo Juliana Navero, é o “blorange”, cor mais próxima ao Coral Vivo, o tom é uma mistura entre o rose gold e o alaranjado.

“O resultado é uma cor única, cheia de personalidade e tendência absoluta da estação! A cor é perfeita para quem gosta dos tons fantasia e não tem medo de ousar”, afirma Juliana.
Tons de amêndoa, café ou marsala são também apostas para o outono. “O styling pede naturalidade, madeixas brilhantes e muito saudáveis. Os lisos voltam com tudo e são a cara da estação”, conta Peter.
Gil Scawia, hairstylist no Maison Jacques Janine, conta o que será tendência para as loiras. “vale combinar diferentes nuances entre si, como os tons de vanilla, bege e dourados. O importante é clarear gradativamente, comprimento e pontas. Naturalidade é a palavra de ordem”, defende Gil.