Tatuador é preso acusado de abusar sexualmente de clientes

Caso aconteceu em Belo Horizonte O tatuador Leandro Caldeira Alves Pereira, 44, foi preso neste domingo (31) em Lagoa Santa, na região metropolitana de Belo Horizonte, em Minas...

93

Caso aconteceu em Belo Horizonte

O tatuador Leandro Caldeira Alves Pereira, 44, foi preso neste domingo (31) em Lagoa Santa, na região metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais, após a polícia receber uma denúncia anônima. Ele é suspeito de ter abusado sexualmente de clientes do estúdio em que trabalhava na capital mineira. Ele é acusado de violação sexual mediante fraude, quando o agressor engana a vítima para cometer o abuso.

Uma das vítimas afirmou que o tatuador derrubou tinta em seus seios, o que foi desculpa para tocá-la. Outra afirmou que ele tocou em sua genitália. Segundo relatos, o tatuador às vezes colocava a cliente em posições constrangedoras, afirmando que facilitaria a tatuagem.